Entrar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *

Notícias

Ao participar do Mutirão do Diabetes que aconteceu neste sábado (25), a Secretaria de Assistência Social realizou cerca de 200 atendimentos voltados ao recadastramento de idosos que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC), mantido pelo Governo Federal. Destacando que o Mutirão mostrou a união de todos em torno da prevenção ao Diabetes, a Secretária Sandra Neilma elogiou os funcionários da SAS que participaram da ação e agregaram valores com a sua contribuição.

Presente no Mutirão, a equipe da SAS realizou abordagens e convidou idosos para o recadastramento. A secretária afirmou que, mesmo após ter ampliado o atendimento que é realizado diariamente no Centro Administrativo Firmino Alves, foi preciso realizar essa mobilização para atender toda a demanda que ainda precisa de atualização nos cadastros.

Ela informa ainda que no próximo sábado (02) será realizado outro grande Mutirão, desta vez com foco no recadastramento dos idosos que recebem o BPC, de modo a cumprir o prazo determinado pelo Ministério Desenvolvimento Social, para que todo idoso seja incluído no CadÚnico até o dia 15 de dezembro. Na oportunidade, também serão disponibilizados serviços da Secretaria de Saúde com uma equipe múltipla para atender a todos que comparecerem.

  • Criado em .

Foram prestados serviços como exame de glicemia, saúde da mulher, educação física, avaliação auditiva e saúde bucal, entre outros

 

Em sua 13ª edição, o Mutirão do Diabetes se consolidou como o maior evento de prevenção e tratamento da doença no Brasil, e um dos maiores do mundo, reconhecido pela Federação Internacional do Diabetes. Foram cerca de 25 mil atendimentos, entre procedimentos médicos como exames do olho, pé, rim e coração diabético no Hospital de Olhos Beira Rio, e ações de prevenção na Praça Rio  Cachoeira. 

Na Cidade do Diabetes, foram prestados serviços como exame de glicemia, saúde da mulher, educação física, avaliação auditiva, saúde bucal, psicologia, direitos dos diabéticos, fisioterapia, uso de insulina e orientação nutricional.  No espaço Diabetes Kids, crianças realizaram exames de detecção precoce da doença e participaram de atividades lúdicas. A presidente da Associação dos Diabéticos de Itabuna, Dra. Marluce Leão destacou que “esse é um momento de conscientização não apenas dos diabéticos, mas de toda família e da sociedade para os cuidados na prevenção, um trabalho que deve ser permanente”.

Para o Dr. Paulo Morales, diretor da Federação Nacional do Diabetes, lembrou que o projeto do Mutirão foi apresentado no Congresso Internacional, realizado no Canadá, como um exemplo a ser seguido em todo o mundo. “Itabuna é um exemplo de que quando se une em torno de uma causa, os resultados são positivos”. O vice-governador da Bahia, João Leão, que representou o governador Rui Costa, ressaltou que“a cidade está de parabéns, se mobilizando para um evento que melhora a qualidade de vida de milhares de pessoas e que deve ser levado para outras cidades da Bahia”.

A Prefeitura de Itabuna, através da Secretaria de Saúde, ofereceu a estrutura e a  logística do Mutirão, com cerca de 600 servidores atuando na Cidade do Diabetes. Além disso, todos os casos que exigem procedimentos e acompanhamento médico, serão tratados através do SUS. “As pessoas já saem do Mutirão com os exames marcados para atendimento na rede de saúde. É importante mostrar o envolvimento de todos os segmentos da sociedade num evento que é orgulho para Itabuna”, disse a secretária Lisias Miranda.

Idealizador e coordenador do Mutirão do Diabetes, que em 2017 envolveu cerca de 1.500 voluntários, incluindo médicos oftalmologistas de Salvador e São Paulo, o Dr. Rafael Andrade destacou que “a cada ano o Mutirão vem ampliando as ações e o atendimento, através de parcerias com a Prefeitura, Santa Casa, Uesc, empresas e principalmente com a participação de centenas de pessoas dispostas a colaborar com esse projeto gratificante”.

O Mutirão do Diabetes de Itabuna, promovido pela ONG Unidos pelo Diabetes, Hospital de Olhos Beira Rio e Asdita, foi encerrado com o programa Balanço Geral Especial da TV Cabrália/Rede Record, com shows da Banda Lordão, Tays Reis/ Vingadora e Raneychas.

  • Criado em .

Desde que foi anunciada para 15 de dezembro a inauguração do moderno Hospital Costa do Cacau, em Ilhéus, começou uma série de debates – e dúvidas - na cidade a respeito de como se dará o funcionamento da nova unidade. O que vai funcionar no novo hospital? Ele vai suprir toda a demanda do antigo Regional? Quem vai mesmo se responsabilizar pela adequação da unidade do bairro da Conquista, onde passará a funcionar um hospital materno-infantil com UTI neonatal? E os servidores do Regional, qual o destino?

  • Criado em .

O projeto, aprovado pelo MS garantirá mais efetividade no combate ao mosquito Aedes aegypti

Itabuna já tem projeto de Educação em Saúde Ambiental para o enfrentamento do Aedes aegypti, transmissor da dengue, zika e chikungunya no município. A proposta encaminhada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Itabuna foi aprovada na última sexta-feira (17), conforme edital divulgado pela da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) do Ministério da Saúde.

  • Criado em .

Milhares pedalaram para chamar a atenção do Mutirão do Diabético

A chuva que vem caindo nos últimos dias deu uma trégua no feriado de 15 de novembro e as ruas do centro de Itabuna e dos bairros São Caetano e Pontalzinho foram tomadas pela cor azul. A Pedalada Azul, evento de mobilização para o Mutirão do Diabetes, que será realizado no próximo dia 25 de novembro, reuniu cerca de mil ciclistas, conciliando atividade física com ações de prevenção da doença.

  • Criado em .

Jornal Agora

Rua Juca Leão, 65, Centro, Itabuna - BA
Telefones: (73) 3613-5504
Fundado em 28 de julho de 1981 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

© Copyright 2009 / 2017 Jornal Agora   |   Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: