Entrar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *

Municípios

Itabuna recebe projeto Viva Melhor Sabendo

 A testagem é realizada entre jovens, com idade de 15 a 24 anos
A testagem é realizada entre jovens, com idade de 15 a 24 anos

Gapa oferece teste gratuito de HIV com amostra de fluido oral no Centro e em comunidades de Itabuna.

O Gapa (Grupo de Apoio à Prevenção da Aids), em parceria com o Ministério da Saúde/ Departamento de DST/Aids e Hepatites Virais segue com o projeto “Fluido oral: uma estratégia para testagem do HIV na população jovem de Itabuna- Bahia”, ação integrante do projeto Viva Melhor Sabendo, que vem sendo realizado desde março desse ano.

A cidade de Itabuna está entre os 51 municípios de todo país que receberam o projeto e é a única cidade do interior da Bahia que foi contemplada. De acordo com Otoniel Oliveira, coordenador do projeto e conselheiro do Gapa, a escolha de Itabuna se deu pelo fato de que a cidade “já possuía um projeto sustentável de prevenção ao HIV, além de ser um polo central no sul do Estado para ali, convergindo várias outras cidades”.

Ainda segundo Otoniel, essa é a primeira vez que esse projeto acontece em Itabuna e a quarta vez em todo país. “O objetivo desse projeto é realizar a testagem rápida do HIV com amostra de fluido oral, a vinculação ao serviço de saúde e a retenção para tratamento (Educação para o Tratamento), bem como ações educativas baseadas na metodologia de educação entre pares, de prevenção às DST, HIV/Aids e hepatites virais e promoção de saúde, em parceria estratégica com ONG, estados e municípios”.

O projeto também pretende contribuir para o diagnóstico e tratamento precoces do HIV através das estratégias de vinculação e retenção das pessoas com triagem reagente aos serviços de saúde. Além disso, são pensadas estratégias de comunicação e educação em saúde junto às populações-chave em seus espaços de sociabilidade; enfrentar o cenário atual brasileiro de epidemia concentrada do HIV em segmentos específicos; incentivar a população-chave para realização de testagem de HIV e promover ações educativas com jovens por meio de um curso de 40h/a, para que atuem como multiplicadores durante e após o encerramento do projeto, utilizando a metodologia de educação por pares.

Otoniel é conselheiro do Gapa e um dos coordenadores do projeto Viva Melhor Sabendo
Otoniel é conselheiro do Gapa e um dos coordenadores do projeto Viva Melhor Sabendo

 

O projeto

A testagem é realizada entre jovens, com idade de 15 a 24 anos, de forma sigilosa, voluntária e gratuita nos espaços de sociabilidade das populações-chaves associando prevenção, oferta de testagem e aconselhamento, diagnóstico e estímulo e vinculação ao tratamento.

De acordo com Otoniel, no primeiro semestre desse ano, o projeto foi realizado na região central da cidade, em diversas praças. Já nesse segundo semestre, visando massificar o programa, as ações acontecem em várias comunidades da cidade, tais como: Maria Pinheiro, Nova Ferradas, Califórnia, Nova Califórnia.

Nessas comunidades já aconteceu o projeto e a resposta foi bastante satisfatória. “Percebemos uma presença grande da população, que tem apoiado e participado do projeto. Outros bairros ainda vão receber o programa. Nossa meta é atingir pelo menos dois mil jovens”, disse Otoniel.

 

Panorama nacional

Os dados sobre jovens de 15 a 24 anos infectados pela Aids são cada vez mais preocupantes. De 2006 a 2015 a taxa de detecção de casos entre jovens do sexo masculino entre 15 e 19 anos quase triplicou, passando de 2,4 a 6,9 casos por 100 mil habitantes e entre a faixa etária de 20 a 24 anos, passou de 15,9 a 33,1 na mesma proporção populacional.

Desde o início da epidemia de Aids no Brasil nos anos 80 até junho de 2015, foram registrados 798.366 casos de Aids, segundo boletim epidemiológico do Ministério da Saúde. Tal como, o informativo também revela que até dezembro de 2014 foram identificados 290.929 óbitos pela doença.

Por meio do projeto Viva Melhor Sabendo, o Gapa tem investido na prevenção do HIV, através de campanhas educativas e ações como a testagem rápida para HIV/AIDS pelo fluído oral. O teste é indolor e o resultado sai em 20 minutos. O diagnóstico precoce é de extrema importância, pois é melhor saber se é soropositivo para o HIV antes de ficar doente de Aids.

 

Transmissão 

Como o HIV, vírus causador da Aids, está presente no sangue, sêmen, secreção vaginal e leite materno, a doença pode ser transmitida de várias formas:

 

  • Sexo sem camisinha: pode ser vaginal, anal ou oral.
  • De mãe infectada para o filho durante a gestação, o parto ou a amamentação – também chamado de transmissão vertical.
  • Uso da mesma seringa ou agulha contaminada por mais de uma pessoa.
  • Transfusão de sangue contaminado com o HIV.
  • Instrumentos que furam ou cortam, não esterilizados.
  • Criado em .

Jornal Agora

Rua Juca Leão, 65, Centro, Itabuna - BA
Telefones: (73) 3613-5504
Fundado em 28 de julho de 1981 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

© Copyright 2009 / 2017 Jornal Agora   |   Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: