Entrar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *

Municípios

Instalação do Grupo Assaí em Ilhéus aguarda autorização do Inema

O processo de instalação de uma filial do Grupo Assaí na zona sul da cidade de Ilhéus, no momento, aguarda autorização do Inema – Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia, para o início da obra. O projeto, anunciado pelo prefeito Mário Alexandre em junho último, está sendo acompanhado pelo secretário de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, vice-prefeito José Nazal Soub.

O empreendimento prevê um investimento de cerca 40 milhões de reais e a geração de aproximadamente 300 empregos diretos, na primeira etapa. O Assaí constitui uma rede varejista de autosserviço de grande porte, pertencente ao Grupo Pão de Açúcar.

 A unidade será instalada à margem da Rodovia BA-001, no litoral sul, numa área a ser desmembrada do Condomínio Cidadelle. O Instituto de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, vinculado à secretaria do Meio Ambiente do governo baiano, analisa o projeto urbanístico do empreendimento imobiliário que depende de autorização para supressão vegetal na área.

A Rede Assaí possui 107 lojas distribuídas por 16 estados brasileiros. Anualmente, atende a 120 milhões de clientes e conta com cerca de 20 mil colaboradores. O prefeito Mário Alexandre vê com otimismo a perspectiva de incremento econômico do município de Ilhéus com a implantação de novos empreendimentos e a conclusão de obras estruturantes para a cidade, em parceria com os governos do Estado e da União.

 

Legenda: A unidade será instalada à margem da Rodovia BA-001, no litoral sul

  • Criado em .

Jornal Agora

Rua Juca Leão, 65, Centro, Itabuna - BA
Telefones: (73) 3613-5504
Fundado em 28 de julho de 1981 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

© Copyright 2009 / 2017 Jornal Agora   |   Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: