Entrar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *

Municípios

 

Um espaço dedicado a oferecer orientações para uma vida saudável, esse é o objetivo da I Feira de Saúde do Hospital Regional Costa do Cacau (HRCC), que será realizada nos dias 26 e 27 de março. O evento marca os 100 dias de funcionamento da unidade e estará aberto ao público de 08h às 18h, em frente ao ambulatório.

 

Março é o mês dedicado à mulher e para contemplar essa data, a unidade móvel de mamografia realizará um mutirão instruindo as mulheres sobre o autoexame de mamas para possível detecção de nódulos.

 

O evento é aberto à população de Ilhéus e municípios circunvizinhos, contudo as mulheres têm atendimento especial. Os serviços de mastologia têm papel fundamental na preservação da saúde feminina.

 


O evento é aberto a toda população regional, mas as mulheres terão especial atenção

 

A faixa etária para realização do exame de mamografia é de 50 a 69 anos, preconizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde para rastreamento preventivo do câncer de mama. As interessadas devem comparecer portando cartão SUS, documento de identidade (RG) e comprovante de residência atualizado, ambos original e cópia.

 

Serão realizados 280 exames, em dois dias de permanência da unidade móvel. Contudo, vale lembrar que as mulheres que fizeram mastectomia (remoção de uma ou ambas as mamas) ou cirurgia para a retirada de nódulo devem procurar um centro de referência.

 

“A finalidade é ofertar ações que auxiliem a população a olhar para a própria saúde, através de atendimentos e orientações básicas”, explica o diretor-geral do HRCC, Hernani Vaz Krüger.

 

A Feira de Saúde conta com o apoio da Sesab (Secretaria da Saúde do Estado) e da Delfin Medicina Diagnóstica. O acesso é gratuito, sem necessidade de realizar cadastro, bastando aos interessados dirigirem-se ao local. 

  • Criado em .

Desde quando foi criado, o Programa Mais Médicos (PMM) combate um problema histórico – a falta e a má distribuição de médicos – especialmente no interior do país e nas regiões mais afastadas dos grandes centros urbanos. Em Ilhéus, o programa estava bloqueado desde 2015, época da gestão anterior, porque não havia cumprimento das metas estabelecidas pelo Ministério da Saúde (MS). Após diversas adequações como ampliação da cobertura de atenção básica e mais investimentos para construção, reforma e ampliação de Unidades Básicas de Saúde (UBS), o município irá novamente participar, no mês de abril, do edital para vinda de mais oito médicos selecionados pelo Ministério da Saúde. De acordo com a secretária de Saúde, Elizângela Oliveira, o desbloqueio do programa para Ilhéus, ocorreu na quarta-feira (21).

 

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre solicitou que os novos médicos fossem indicados aos postos dos distritos e regiões mais populosas do município. Entre as localidades que serão beneficiadas estão Nelson Costa, Couto, Santo Antônio, Sambaituba, Basílio, Inema, Pimenteira e Banco central.

 

De acordo com o programa, estes profissionais passam a residir nestas áreas, garantindo a assistência básica de saúde nas localidades. Na prática, os médicos atuam em regiões onde há escassez ou ausência desses profissionais e ainda criam condições para continuar a garantir um atendimento qualificado no futuro para aqueles que acessam cotidianamente o SUS.

 

Atenção Básica fortalecida

“Os médicos têm suprido as carências de atendimento à população principalmente em áreas de difícil acesso. Essa atuação vai imprimir um modelo de atenção que acolhe e cuida de pessoas, oferecendo uma atenção integral para estas famílias”, ressalta Mário Alexandre. No que depender desta gestão, acrescenta o prefeito, “vamos ampliar e acompanhar o desenvolvimento do Programa Mais Médicos, pois é uma iniciativa que se soma a um conjunto de outras ações e iniciativas em parcerias com os governos para o fortalecimento da Atenção Básica do nosso município”.

 

A iniciativa prevê ainda a melhoria em infraestrutura e equipamentos para a saúde, a expansão do número de vagas de graduação em medicina e de especialização/residência médica, o aprimoramento da formação médica no Brasil e a chamada imediata de médicos para regiões prioritárias do SUS. É papel do programa promover a implantação de um novo currículo com uma formação voltada para o atendimento mais humanizado, com foco na valorização da Atenção Básica, além de ações voltadas à infraestrutura das unidades de saúde.

  • Criado em .

Ilhéus tem se mostrado cada vez mais um município com vocação ao empreendedorismo, com resultados extremamente positivos

 

A Prefeitura de Ilhéus e o Sebrae estão firmando um acordo para ações conjuntas de implementação das políticas de consolidação do município na Lei Geral da Micro e Pequena Empresa (MPE). A decisão foi tomada na quarta-feira (21) durante uma reunião que contou com as presenças do prefeito Mário Alexandre e da gerente regional do Sebrae, Claudiana Figueiredo. A meta é enquadrar Ilhéus na parceria de Municípios Empreendedores do Brasil, tema que este ano será trabalhado pelo Sebrae no âmbito das políticas públicas de desenvolvimento econômico regional.

 

A gerente do Sebrae explica que a consolidação de Ilhéus à Lei Geral da Micro e Pequena Empresa (MPE) é um dos pré-requisitos que permitem ao Sebrae promover uma atuação mais intensiva no município, com parcerias, e dando uma contribuição maior no desenvolvimento econômico local. Para tanto, quatro eixos de ações precisam ser construídos pela gestão municipal, com o aval da instituição nacional que apoia o empreendedorismo.

 

O primeiro passo é nomear os agentes de desenvolvimento e fortalecer a Sala do Empreendedor instalada no município. Os servidores que atuam neste segmento e os cargos de confiança da Secretaria Municipal de Indústria e Comércio deverão passar um processo de capacitação para atender aos micro e pequenos empresários, facilitando a alavancagem dos negócios ou abertura de novos empreendimentos.

 


O prefeito Mário Alexandre está otimista quanto à adequação do município e às exigências para se tornar Município Empreendedor

 

Um outro passo que terá que ser dado pelo município é criar a “Rede Simples”, com foco em ações que desburocratizem, que criem facilidades na rede implantada e que os processos tenham os seus trâmites agilizados. Claudiana também explicou ao prefeito Mário Alexandre que, para fazer com que a economia local seja dinamizada é preciso criar processos, métodos, meios, contemplando nos editais a possibilidade de ter as microempresas locais presentes nas licitações. Neste caso, o Sebrae também dará capacitação para o staf da prefeitura e empresários.

 

Empreendedorismo nas escolas

A educação empreendedora é o quarto eixo exigido para a inclusão e consolidação de Ilhéus na Lei Geral da Micro e Pequena Empresa (MPE). O município terá que estabelecer meios para que haja o ensino do empreendedorismo das escolas públicas municipais, através da metodologia do Sebrae.

 

Para o prefeito Mário Alexandre, Ilhéus tem se mostrado cada vez mais um município com vocação ao empreendedorismo, com resultados extremamente positivos. Ilhéus tem 6.509 trabalhadores formalizados como MEI e foi o que teve o menor percentual de Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJs) de Microempreendedores Individuais (MEIs) cancelados este ano, considerando o levantamento da Receita Federal em todo o sul da Bahia.

 

O secretário municipal de Industria e Comércio, Paulo Sérgio Santos, que também participou do encontro, destaca que a atual gestão tem realizado mutirões voltados para os microempreendedores em bairros periféricos, transformou o Balcão do Empreendedor em Sala do Empreendedorismo, com mais serviços e mais conforto, e tem participado das principais campanhas promocionais do comércio. O encontro também contou com a participação do Secretário de Fazenda, Adriano Sales, e do diretor de Fomento da Sedic, Júlio Melo.

 

  • Criado em .

O “Mutirão do Passe Livre Municipal com Avaliação Médica” acontecerá de 21 a 23 de março, das 8 às 13 horas, no Ginásio de Esporte Herval Soledade, situado na Avenida Canavieiras, próximo ao Instituto Municipal de Ensino (IME).  A ação é da Prefeitura de Ilhéus por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e tem como objetivo acelerar o processo de novos cadastros e recadastramentos das pessoas com deficiência que necessitam da gratuidade. As pessoas que já possuem agendamentos para avaliação também devem comparecer no mutirão.

 

A secretária de Desenvolvimento Social, Soane Galvão, lembra que, desde o ano passado, a SDS vem convocando a população para realizar o recadastramento.  “O município possuía 5.525 cadastros de pessoas com gratuidade. Desse quantitativo, apenas 2.078 compareceram para atualizar os dados cadastrais, o que corresponde a apenas 37% do quantitativo total”, destaca.

 


O objetivo é acelerar o processo de novos cadastros e recadastramentos das pessoas com deficiência que necessitam da gratuidade

 

A coordenadora do setor de benefícios sociais, Alba Magnólia, explica que as pessoas que tiveram seus cartões indeferidos foram baseados na legislação federal, Lei nº 8.899/94 e Decreto 3.691/2000 seguida por Estados e Municípios e também realizaram a perícia médica.“Os benefícios indeferidos foram em razão de sua doença não está classificada como deficiência, conforme determina a lei”, informa Alba Magnólia.  Ela ainda relata casos de pessoas que fazem uso do passe temporário e já se recuperaram, não tendo mais direito à gratuidade. A realização do cadastramento e recadastramento das informações evita ainda a utilização do serviço de forma irregular.

 

Os beneficiários devem levar os documentos originais de Identidade, CPF, comprovante de renda e residência, laudo médico atualizado com CID. Se precisar de acompanhante, especificar no laudo, e número de telefone para contato.

 

  • Criado em .

O distrito que já chegou a ter apenas no seu Polo de informática 53 empresas em funcionamento, hoje conta apenas com 19 em atividade

 

Ter um diagnóstico do Distrito Industrial de Ilhéus (DII). Conhecer as demandas e, a partir deste trabalho, buscar melhorias e criar condições para atração de novas unidades industriais para a cidade. Esse foi o objetivo de uma reunião realizada ontem (12) à tarde, entre representantes da Prefeitura de Ilhéus, Governo da Bahia e lideranças do DII. O distrito que já chegou a ter apenas no seu Polo de informática 53 empresas em funcionamento, hoje conta apenas com 19 em atividade.

 

“É preciso oferecer atrativos e contrapartidas para que o empresário se sinta motivado a implantar o seu negócio aqui”, destaca o presidente do Sindicato das Empresas de Eletroeletrônico (Sinec), Silvio Comin. “Sem apoio, as empresas partiram. A ideia de organizar e reativar o distrito através de uma ação conjunta de empresários e governo. Essa é uma condição muito bem-vinda para todos”, assegura.

 


A reunião contou com a participação de secretários municipais e empresários do setor de informática

 

Representando o Governo da Bahia, esteve presente à reunião a diretora de Atração de Investimentos da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico (SDE), Andrea Lanza. A sua vinda a Ilhéus foi acertada na semana passada, em Salvador, durante encontro com o secretário municipal de Indústria e Comércio (Sedic), Paulo Sérgio Santos e a deputada estadual Ângela Sousa.

 

Expansão

Para Andrea Lanza, a reunião atendeu ao propósito de ouvir os empresários e saber, de fato, quantas indústrias se encontram instaladas e em pleno funcionamento no município. “A ideia é tentar reestruturar melhor o distrito”, assegura Lanza. Mas destaca que em virtude de o estado não ter condições de arcar com todas as despesas de infraestrutura, torna-se fundamental uma parceria com a Prefeitura, empresas e sindicatos.

 

Otimista quanto à viabilidade de novos investimentos para Ilhéus, Paulo Sérgio destaca a importância da construção de um Acordo de Cooperação Técnica entre o estado e o município. “Temos ainda muitos terrenos disponíveis para atração de novas oportunidades de negócio e de emprego”, assegura.  Nesta terça-feira (13), as autoridades vão percorrer áreas no DII e traçar quais os próximos passos que podem ser dados a partir deste encontro.

 

  • Criado em .

A Prefeitura de Ilhéus emitiu nota, na quinta-feira (8), informando que o mutirão de saúde programado para este sábado (10), na Policlínica Halil Medauar, no bairro da Conquista, foi adiado para outra data a ser confirmada. A unidade passa por reforma para ser transformada em Pronto-Atendimento (PA) 24 horas.

 


A Policlínica Halil Medauar recebe investimentos de infraestrutura para funcionar como Pronto-Atendimento

 

Os trabalhos de infraestrutura do equipamento autorizados pelo prefeito Mário Alexandre estão em ritmo acelerado e impedem, neste momento, um grande número de pessoas no imóvel.Após a conclusão dos trabalhos, o novo PA 24 horas vai oferecer atendimento de urgência na parte superior do prédio e o serviço de emergência ficará à disposição do público no espaço térreo do equipamento com capacidade de acompanhar cerca de 150 pacientes por dia.

 

  • Criado em .

A Superintendência de Transporte e Trânsito (Sutran),está intensificando a fiscalização de motoristas permissionários que atuam nesta atividade em Ilhéus, com o objetivo de garantir a segurança dos alunos que fazem o uso diário do transporte escolar. A medida visa identificar os veículos que ainda estão atuando cladestinamente e exigir, além da formalização, um serviço de qualidade à população formada basicamente de crianças e adolescentes. Se não ocorrer a vistoria, o veículo pode ser multado.

 


Vistoria nos veículos que prestam serviços de transporte escolar em Ilhéus

 

De acordo com o chefe do setor de Transporte Público da Sutran, Rodrigo Cerqueira da Silva, dos 120 veículos cadastrados na prefeitura somente 50 estão em situação regular no município, enquanto outros 70 veículos continuam transportando estudantes de forma irregular em Ilhéus. “Esta ação é um procedimento essencial para exercer a atividade com segurança. Em janeiro deste ano os permissionários que prestam serviços de transporte escolar foram convocados para regularizar o serviço junto ao órgão de trânsito”, afirmou.

 

Ele alerta que em caso da não renovação do alvará ou retirada do veículo prestador de serviço de transporte escolar no prazo de 60 dias do vencimento será automaticamente cancelada sua permissão. “Se não regularizar o cadastro junto à prefeitura, fica considerado transporte irregular de passageiros. Somente poderão ser licenciadas as vans com no máximo oito anos de fabricação, em perfeito estado de conservação, com documentos comprovados através de vistoria”, ressaltou.

 

  • Criado em .

 

O novo desenho de mobilização e urbanização alcançará as principais vias de ligação, entre elas as avenidas Soares Lopes, Petrobras, Canavieiras, Cidade Nova e Tiradentes, além da Praça Cairu

 

A proximidade de inauguração da nova ponte que ligará o centro de Ilhéus ao Pontal e toda a zona sul, incentivou o governo municipal a discutir estratégias e metas do novo plano de mobilidade urbana, com o objetivo de modernizar o centro de Ilhéus para os próximos anos. O trabalho está sendo feito pelo Núcleo de Projetos da Secretaria Municipal de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável (Seplandes), que se reuniu esta semana com o engenheiro Rui Brandão para discutir o plano, que será apresentado, posteriormente, ao prefeito Mário Alexandre.

 


Reunião de técnicos e autoridades municipais sobre mudanças na mobilidade urbana

 

Este novo desenho de mobilização e urbanização alcançará as principais vias de ligação, entre elas as avenidas Soares Lopes (com a criação de uma rotatória e estacionamento com cerca de mil vagas), Petrobras, Canavieiras, Cidade Nova, Tiradentes e a Praça Cairu. Participaram do encontro também o vice-prefeito de Ilhéus, José Nazal Pacheco Soub, secretário municipal de Infraestrutura, Transporte e Trânsito, Hermano Fahning, arquiteto urbanista, Arthur Zugaib Valente, urbanista, Alexandre Amorim, além do diretor de Trânsito, Gilson Nascimento e do gerente de Trânsito, Rogério Buralho.

 

Integração

Segundo José Nazal, que também ocupa a pasta de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável, a cidade precisa pensar de forma moderna sua mobilidade e se readequar com um plano de estratégias. Na avaliação dele, a melhoria do ambiente urbano acontece quando a cidade promove a instalação de equipamentos que dão suporte e integração a todo esse sistema viário, além de um sistema de transporte coletivo de qualidade. “Precisamos deixar uma grande marca positiva na cidade”, enfatizou.

 

Alexandre Amorim disse que os projetos serão articulados para médio e longo prazo, pois a chegada da ponte implica em mudanças de todo o sistema viário. “Estas artérias sofrerão impactos significantes e as futuras modificações vão completar todo o sistema. Com isso, as obras contemplam o centro da cidade e a Orla Sul, além de seis quilômetros de ciclovias ligando o centro ao norte e ao sul da cidade”, explicou. O urbanista disse ainda que o projeto vai inserir a Soares Lopes num novo contexto estético e socioeconômico, valorizando ainda mais o projeto urbanístico do famoso paisagista paulista, Roberto Burle Marx.

 

Gilson Nascimento salienta que um dos dados mais alarmantes apontados pelos planos de mobilidade urbana da região é o alto índice de deslocamentos com carro ou moto. Ele classifica que “a cultura do automóvel está muito presente na população, que a percebe como sinônimo de sucesso e processo, quando não é. Precisamos fazer essa mudança e nos livrar deste gargalo e isso não depende de um só setor, é um conjunto de políticas públicas”.

 

  • Criado em .

Jornal Agora

Rua Juca Leão, 65, Centro, Itabuna - BA
Telefones: (73) 3613-5504
Fundado em 28 de julho de 1981 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

© Copyright 2009 / 2017 Jornal Agora   |   Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: