Esportes

Santos vence o Corinthians e abre vantagem na decisão feminina do Brasileiro

Patricia Sochor fez o segundo gol do Santos

O Santos saiu na frente na decisão do Campeonato Brasileiro Feminino. Ontem, em um estádio da Vila Belmiro lotado - cerca de 15 mil torcedores -, em Santos, o time da casa derrotou o Corinthians por 2 a 0 e abriu boa vantagem para a partida de volta, que será disputada na próxima semana. Os gols, ambos no primeiro tempo, foram marcados por Sole Jaimes e Patricia Sochor.

Atrás do título inédito, as "Sereias da Vila", como o time feminino do Santos é conhecido, poderão perder por um gol de diferença na Arena Barueri, em Barueri (SP), na próxima quarta-feira, às 18 horas. O Corinthians terá de ganhar por três ou mais gol de vantagem para ser campeão direto. Qualquer vitória corintiana por dois de diferença levará a decisão para a disputa por pênaltis.

Sem cobrança de ingressos e com torcida única, o público santista prestigiou a equipe feminina nesta quinta-feira. Curiosamente, a partida registrou o maior público da Vila Belmiro em 2017, superando os 13.132 da vitória do Santos sobre o The Strongest, pela fase de grupos da Copa Libertadores. Na próxima semana, será a vez dos corintianos terem o direito exclusivo de torcer na Arena Barueri.

Em campo, os dois melhores times da temporada, tanto no Brasileiro como no Campeonato Paulista. Mas foi o Santos, exercendo pressão no campo de defesa do Corinthians, que jogou melhor. Foi assim que a atacante Sole Jaimes aproveitou a indecisão da zaga corintiana após chutão para abrir o placar aos 15 minutos, em falha incrível da goleira Lelê.

Pouco depois, embalado pelo primeiro gol, o Santos fez o segundo. E foi um belo gol de Patricia Sochor, que recebeu dentro da área, pela direita, e encobriu a goleira corintiana, que saiu desesperada ao ver a santista sem marcação. Atordoado, o Corinthians só assustou em lances de bola parada, mas sem sucesso.

  • Criado em .

Jornal Agora

Rua Juca Leão, 65, Centro, Itabuna - BA
Telefones: (73) 3613-5504
Fundado em 28 de julho de 1981 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

© Copyright 2009 / 2017 Jornal Agora   |   Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: