Esportes

12ª rodada marcada por clássico, muitos gols e violência nos estádios

Jogadores comemoram o empate com o Flu
Jogadores comemoram o empate com o Flu

Em Salvador, o Bahia recebeu em casa o Fluminense pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Apesar de dominar maior parte do tempo, não conseguiu vencer o time carioca, somando sete jogos seguidos sem vencer no brasileirão.

O Flu abriu o placar ainda no primeiro tempo com gol de Wellington Silva. Mas 38 minutos do segundo tempo, quase no fim da partida, o meia João Paulo fez um golaço e deixou tudo igual na Fonte Nova. Com o resultado, o time carioca é o sétimo colocado com 17 pontos, cinco a mais do que soma o Bahia, que continua na 16ª posição da tabela.

Ninguém segura

O Corinthians dispara cada vez mais na liderança do campeonato. Na noite do último sábado (8), derrotou a Ponte Preta por 2 x 0, em Itaquera, e chegou a 32 pontos no Campeonato Brasileiro - nove à frente do vice-líder Flamengo. Os gols foram marcados por Jadson e Jô. O goleiro Cássio ainda defendeu pênalti cobrado por Lucca e garantiu o placar favorável. A Ponte continua com 15 pontos, no meio da tabela. O time não vence há três jogos.

 

Jogo dos desesperados

No confronto direto dentro do Z-4, melhor para o Vitória, que bateu o Atlético-GO por 2 x 1 também no sábado, em Goiânia, e vai saindo da degola. André Lima e Uillian Correia fizeram os gols do clube baiano. Andrigo anotou para o Dragão em partida morna no primeiro tempo, mas repleta de emoções na etapa final. O time da casa chegou a empatar, porém, os três pontos ficaram com os visitantes.

Apesar do resultado positivo, o Vitória continua no Z-4, com 12 pontos. Há cinco jogos sem vencer, o Atlético-GO permanece com apenas sete pontos e termina mais um fim de semana na lanterna do Brasileirão.

 

Cruzeiro x Palmeiras

O técnico Mano Menezes exaltou o ataque do Cruzeiro após a vitória por 3 x 1 sobre o Palmeiras, no último domingo, no Mineirão, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para ele, o resultado da partida mostra que o elenco tem qualidade no setor ofensivo. Com a vitória, o Cruzeiro voltou a figurar entre as equipes candidatas a brigar por uma vaga na Libertadores do ano que vem. Para os paulistas, a derrota é um freio na arrancada de quatro vitórias seguidas no Brasileirão.

O resultado fez o Cruzeiro escalar sete posições na tabela, agora o sexto colocado, com 17 pontos. O Palmeiras, que poderia assumir a vice-liderança do torneio, estacionou nos 19 pontos.

 

Zebra

Grêmio e Avaí, melhor e pior ataque, vice-líder e vice-lanterna, fizeram no domingo (9), a maior zebra da rodada: 2 x 0 para o Avaí, na casa do Grêmio, em Porto Alegre. O goleiro Douglas foi um dos destaques do Avaí, fechou o gol e impediu as investidas do time gaúcho, defendendo até pênalti cobrado por Edílson. Além de barrar o ataque do Grêmio, o Avaí marcou dois gols: Simião acertou um chutaço no ângulo para anotar um golaço, seguido de um contra-ataque mortífero finalizado por Júnior Dutra para dar a vitória por 2 x 0 aos catarinenses em Porto Alegre.

Com o resultado, o Grêmio perde a segunda colocação na tabela para o Flamengo e cai para terceiro, com 22 pontos – pontuação que mantém nas últimas três rodadas. O Avaí, por sua vez, sobe dois postos e é 18º, ainda no Z-4, com 12.

 

Cabeçada de Everton dá vitória ao Flamengo
Cabeçada de Everton dá vitória ao Flamengo

Clássico feio

O clássico entre Flamengo e Vasco decepcionou a torcida com um jogo apático, cheio de erros, passes errados, marcado muito mais por lesões e excesso de faltas e cartões do que por jogadas boas. O jogo parecia que ficaria no 0 x 0 até Éverton cabecear sem defesa para o goleiro Martín Silva. A vitória de 1 x 0 ao Flamengo sobre o Vasco, no sábado, em São Januário. Com o resultado o time rubro-negro consegue a quarta conquista seguida no Campeonato Brasileiro, subindo para os 23 pontos, e assume a segunda posição. Já o Vasco permanece com 16, caindo para a nona posição na tabela.

 

Tiros, bombas, confusão, gás de pimenta e um morto em São Januário
Tiros, bombas, confusão, gás de pimenta e um morto em São Januário

Violência

No fim da partida, cenas lamentáveis na torcida do Vasco. Tentativa de invasão de campo, confronto com policiais militares, muitos objetos arremessados no gramado, bombas explodindo em meio a torcedores comuns e vendedores ambulantes. Os jogadores do Flamengo foram obrigados a permanecer por longo tempo em campo, sofrendo com o gás pimenta.

No lado de fora do campo, um cenário de horror: uma pessoa morta, duas baleadas e dezenas feridas. David Rocha Lopes, de 27 anos, baleado no tórax, foi levado para o Hospital Souza Aguiar, onde já chegou sem vida. Além dele, outros dois torcedores deram entrada com ferimentos à bala, ambos nas pernas, e estão fora de risco. Um quarto torcedor foi recebido com ferimentos provocados por estilhaços de vidro.  A torcida do Flamengo foi mantida dentro do estádio por bastante tempo depois do apito final, até que a situação ficasse mais tranquila.

Mais confusão e violência envolvendo torcedores no Rio de Janeiro, antes da partida entre Botafogo e Atlético Mineiro, no domingo (9). A confusão aconteceu do lado sul do estádio. Integrantes de uma organizada do Botafogo partiram para cima de torcedores do Atlético que esperavam a abertura dos portões para entrar no Engenhão. Pelo menos 13 pessoas foram detidas. Um botafoguense ficou ferido sem gravidade e foi encaminhado ao posto médico. O jogo terminou em 1 x 1.

 

 

 

 

  • Criado em .

Jornal Agora

Rua Juca Leão, 65, Centro, Itabuna - BA
Telefones: (73) 3613-5504
Fundado em 28 de julho de 1981 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

© Copyright 2009 / 2017 Jornal Agora   |   Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: