Entrar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *

Entretenimento

Terra do já teve?

 

Itabuna, como outras tantas cidades do Brasil, já teve coisas no seu passado, ou que nos orgulhavam ou que nos envergonhavam. Ainda outro dia, talvez a uns dois anos, recebemos uma lista das 100 coisas que a cidade já teve e que hoje não tem mais. A pessoa que nos mandou nos desafiava a lembrar outras que por acaso ele não lembrou.

 

      Por um exercício de memória, dividimos as tais coisas por segmentos, como lojas, bares, bancos, instituições diversas que formam a sociedade organizada e chegamos facilmente a quase quinhentas. Recentemente o assunto voltou à baila numa roda de conversa e alguns foram lembrando outras coisas e sugerindo que na lista incluíssemos nomes de personalidades, figuras folclóricas, etc.

 

      Aí a lista passou de oitocentas coisas, quando já perto de fechar o shopping Jequitibá decidimos que os nomes das personalidades deveriam ser retirados da lista, porque senão chegaríamos fácil a mais de duas mil lembranças, de tios, avós, primos, que nem todos conheciam. Valeriam os das figuras folclóricas.

 

      Gostaríamos que neste editorial o leitor também aceitasse o desafio e acrescentasse alguns nomes (já disse que não adianta lembrar personalidades, mas valem figuras folclóricas).

 

      Vamos lembrar das lojas A Imperatriz, A Modinha, Barros Autopeças, Cimol, Pernambucanas, Sanmar, Litinho Peças, Crediário Cometa, Doll Modas, A Gaúcha, Irmãos Marcelino, Magazine Cordeiro, de bares e restaurantes como o Almirante, de Anísio, Caçuá, Eldorado, Encontro´s, Esquina 3, Baby Beef, Ita, Vagão, Timbuíba.

 

      E quem não se lembra dos bancos de Administração, Bahiano da Produção,  Bahia, Nacional, Rural, Banorte, das boates Amaralina, Black White, Cacau 2000, Chão de Estrelas, Estrela do Sul, Lord, New York New York, Gegê e por falar nele os bordéis do Cajueiro, a casa de Hilda, Ester, Creuza, Romilda, Sonia, o velho campo da Desportiva, os cinemas Catalunha, Itabuna, Marabá, Oásis, Plaza e por falar em diversão os clubes da Mangabinha, Pontalzinho, Telebahia.

 

      E para finalizar não podemos esquecer dos hospitais Maria Goretti, São Judas, dos jornais Voz de Itabuna, Cacau e Letras, Diário de Itabuna, Folha do Cacau, Itabuna, Tribuna do Cacau, O Intransigente, do Gato de Botas, da escola 10 de Janeiro, da professora Celina Braga, dos desfiles do 7 de Setembro e das eternas brigas da AFI e do Divina.

 

      Fica o desafio.

  • Criado em .

Jornal Agora

Rua Juca Leão, 65, Centro, Itabuna - BA
Telefones: (73) 3613-5504
Fundado em 28 de julho de 1981 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

© Copyright 2009 / 2017 Jornal Agora   |   Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: