Entrar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *

Entretenimento

A trajetória artística do Grupo de Arte Macuco, que comemorou 40 anos de estrada em 2017, foi o tema da pesquisa de mestrado deAlexandre Magno Rusciolelli (foto), pela Universidade Federal de São Paulo(Unifesp), cuja tese”O voo do Macuco: Criação Cultural, História e Memória na Região Cacaueira (1976-1997)” foi defendida no último dia 22. Orientado pelo prof. Dr. Alexandre Pianelli Godoy, o autor da tese foi aprovado com unanimidade.

 

 

  • Criado em .

Uma campanha em prol da Escola de Capoeira Celeiro de Bamba Cordão de Ouro está disponível no site ‘vakinha”, a maior plataforma de arrecadação de patrocínios do Brasil. Administrada por Mestre Ninja, mantida com recursos próprios e trabalho voluntariado, o espaço corre o risco de fechar as portas por falta de apoio. Assim, Itabuna pode perder o projeto de inclusão social ‘Capoeira para Todos’, que já beneficiou centenas de crianças e jovens de baixa renda, com síndrome de down e deficiências intelectual e auditiva por meio de aulas gratuitas de capoeira e outras manifestações culturais. Veja no link:   http://vaka.me/w5mqdj

 

  • Criado em .

Nossas homenagens e aplausos para os artistas que comemoram o Dia Mundial do Teatro e o Dia Nacional do Circo neste dia 27 de março.  Muita luz, criatividade e realizações na caminhada de cada um deles.

 

 

 

  • Criado em .

Tudo junto e misturado! A aclamada banda ilheense OQuadro (foto) lança no Rio de Janeiro seu novo disco, “Negro Roque”, dia 13 de abril, no Circo Voador, onde divide o palco com Rincon Sapiência. Pontuada entre as melhores de 2017, a banda ganhou projeção nacional em 2012, quando lançou seu primeiro disco, após 11 anos de estrada e ganhou fãs em todo o Brasil, com sua mistura de hip-hop e elementos do candomblé. Dia 21 de abril compartilha show com outra aplaudida banda da Terra de Todos os Santos, a Baiana System, na Concha Acústica de Ilhéus. Sucesso para todos!

 

  • Criado em .

O prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, autorizou a criação dos polos gastronômicos dos bairros Banco da Vitória e do Pontal, com o objetivo de atrair novos investimentos dentro do perfil vocacional da área. O projeto de autoria do vereador Jerberson Morais define metas para o desenvolvimento sustentável da atividade econômica já instalada no local, favorece o trânsito de pedestres na área e melhoria na circulação de veículos, otimiza o uso coletivo de estacionamentos, amplia a oferta de vagas no entorno e prevê a realização de campanhas publicitárias para divulgar o polo, patrocinar festivais e encontros gastronômicos, além de abranger restaurantes de diferentes especialidades culinárias.

 


O setor de Gastronomia é forte no bairro do Pontal

 

O Polo Gastronômico do Banco da Vitória fica delimitado pelas margens da rodovia Jorge Amado (BR-415) que passa pelo bairro até o município de Itabuna, enquanto o do Pontal fica demarcado pelo perímetro poligonal das ruas Coronel Pessoa, Hermínio Ramos, José de Anchieta, Júlio Brito e Herotilde de Melo, situadas na zona sul de Ilhéus, como constam nas leis números 3.924 e 3.925, aprovadas pela Câmara de Vereadores e publicadas na edição 67 do Diário Oficial eletrônico do município do dia 22 de março. De acordo com as leis, o município poderá firmar parcerias com os estabelecimentos, diretamente ou através de associações representativas dos mesmos, bem como com outras entidades da iniciativa privada, visando a promoção do desenvolvimento da atividade e do seu potencial turístico, de forma ambientalmente sustentável.

 

Além disso, a prefeitura irá criar o “Selo de Responsabilidade Urbanística” que será conferido todos os anos aos estabelecimentos que se adequar às regras e critérios estabelecidos nas leis. Já as despesas com a sua execução correrão por conta das dotações orçamentárias próprias, suplementadas se necessário, para atração de publicações e campanhas destinadas à promoção turística da cidade Ilhéus.

 

  • Criado em .

Onze motoristas da Rota e Cidade Sol atingiram os critérios estabelecidos no programa Motorista Eficaz, de acordo com os propósitos das empresas

 

Neste mês de março, o Grupo Brasileiro entregou o Prêmio Motorista Eficaz aos profissionais das empresas Rota e Cidade Sol que se destacaram nas suas atividades durante o ano de 2017. A premiação aconteceu no Centro de Treinamento da Rota Transportes, em Itabuna, e reuniu motoristas e instrutores das duas empresas que alcançaram maior pontuação no Programa Motorista Eficaz.

 

Criado com a finalidade de aprimorar técnicas profissionais,reconhecer o desempenho dos colaboradores e garantir melhor prestação de serviço aos clientes, o Programa avalia os motoristas, mensal e anualmente, em seis indicadores: condução segura, economia de combustível, componentes e preservação do meio ambiente, atendimento e apresentação pessoal, postura e conduta profissional, pontualidade e assiduidade, e compromisso com a receita.

 


Motoristas e treinadores de motoristas homenageados com os diretores Paulo Carletto e Elaine Carletto e gestores do Grupo Brasileiro

 

Após a abertura do evento, quando houve exibição de um vídeo institucional, a diretora de Qualidade do Grupo Brasileiro, Elaine Carletto, falou sobre a importância do Programa Motorista Eficaz. Em seguida, o diretor-executivo do Grupo, Paulo Carletto, manifestou a satisfação por aquele momento, “pelo desempenho daqueles que mais do que exercer o seu dever se superaram em eficácia eeficiência nas funções para as quais foram designados.”

 

Premiados

Onze motoristas da Rota e Cidade Sol atingiram os critérios estabelecidos no programa Motorista Eficaz, de acordo com os propósitos das empresas. Três motoristas da Rota foram contemplados na Categoria Master: Clarêncio Lopes da Cruz, Wellington Gomes dos Santos e Luiz Roque Braz de Jesus. Na empresa Cidade Sol destacaram-se na Categoria Premium, Itamar Miranda Souza e Paulo Roberto Pereira da Silva; e na categoria Master: Ademilton Batista da Silva, Dione Silva Meira, Genivaldo Francisco de Jesus, Gildete Oliveira Santos, Gilmar de Jesus Santos e Thiago Lunardelo Freire de Carvalho.

 

Os instrutores de motorista também foram homenageados. Receberam o certificado pela Rota Transportes, Solon Pacheco dos Santos e Alex da Silva Carvalho; e pela da Cidade Sol, Jorge Roberto Silva Oliveira, Claudio Calheira dos Santos Neto e Marcelo Souza de Oliveira. Cada motorista participou da premiação com dois convidados de sua escolha. Eles receberam troféu, certificado e um broche Motorista Eficaz 2017. Este ano, após a solenidade, foi servido um almoço pelos diretores do Grupo Brasileiro, Paulo e Elaine Carletto, no espaço gourmet da Rota Transportes, aos premiados e seus familiares.

 

Participaram também do evento, a superintendente Kádma Soares, o gerente de Operações, Jônatas Amorim, o gerente da unidade Rota,Vladimir Almeida, o gerente da unidade Cidade Sol, Vilcemar Rodrigues, a Controladora Financeira, Carol Carletto, o gerente jurídico, Tassizo Carletto, e a nova coordenadora de Recursos Humanos do Grupo Brasileiro, Jaciara Santos. A psicóloga Camila Oliveira e a analista da Qualidade, Júnia Both, atuaram como mestres de cerimônias da premiação.

 

Na oportunidade, o gerente de Operações do Grupo Brasileiro,Jonatas Amorim, falou da importância em destacar um grupo tão seleto dentre os 600 motoristas das empresas. Por sua vez, a superintendente Kádma Soares agradeceu a presença dos familiares e falou da importância de uma retaguarda familiar. “Hoje, é um dia de alegria. O programa tem a finalidade de fortalecer ainda mais o profissional motorista. Na empresa, todos são importantes, mas o motorista é uma peça fundamental. A gente trabalha em torno devocês, para que vocês, lá fora, possam fazer a melhor operação possível. Vocês transportam vidas e para o passageiro, que é aquele que sustenta a empresa, aquele que dá condição de continuidade ao nosso trabalho, que paga o nosso salário, que viabiliza a empresa onde a gente faz parte, a grande diferença vai ser o motorista. E essa diferença é o atendimento, a gentileza, a educação, a forma como o motorista está conduzindo”, acrescentou.

 

  • Criado em .

O Comitê Gestor do Fundo Setorial do Audiovisual (CGFSA) acatou sugestões apresentadas por entidades ligadas ao setor audiovisual e aprovou,segunda-feira (26), cotas para mulheres (cis e trans), negros e indígenas no edital Produção para Cinema 2018, que vai destinar R$ 100 milhões do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA) a projetos de longas-metragens independentes de ficção, documentário ou animação. O edital integra a segunda etapa do #AudiovisualGeraFuturo, maior programa de fomento ao setor já desenvolvido pelo Ministério da Cultura (MinC).

 


Reunião do Conselho Gestor sobre edital Produção de Cinema 2018

 

De acordo com a decisão, será estabelecida cota de 35% para mulheres (cis e trans) e 10% para negros e indígenas. Ainda dentro do mesmo edital, foram aprovadas alterações nos quesitos de avaliação dos projetos na modalidade B, que contempla projetos de longa-metragem de ficção, documentário e animação com ênfase em projetos de perfil autoral e propósitos artísticos evidentes. A mudança corrige uma possível priorização de produtoras e projetos comerciais em detrimento de obras autorais. Todas as alterações passam a valer já para o edital que está em curso. Será publicada uma retificação informando as novas regras.

 

Regionalização

Os integrantes do Comitê Gestor ouviram as proposições do Fórum Audiovisual de Minas Gerais, Espírito Santo e dos estados do Sul do Brasil (Fames). Sob a coordenação de Rodrigo Martins, que também preside o Sindicato da Indústria do Paraná (Siapar), o Fames sugeriu novas formas para ampliar a regionalização da produção audiovisual. 

 

De acordo com o representante do Fames, a ideia é desenvolver ações que possam promover o crescimento dos estados que compõem o Fórum. O foco é na regionalização, permitir investimentos que possam expandir a cadeia do audiovisual na região, garantindo assim o estímulo às aplicações de recursos dos estados nos arranjos regionais. Além disso, a expectativa dos componentes do Fórum é aumentar a competitividade das empresas da região e o acesso aos recursos de investimentos principalmente do FSA.

 

Os representantes da Comissão de Gênero e Diversidade, coordenada pelos servidores da Ancine, apresentaram propostas para assegurar maior representatividade de mulheres e negros no setor audiovisual. A presidente da comissão, Carolina Costa, destacou que o principal objetivo é lutar por igualdade de gênero e raça tanto dentro da agência quanto fora.

 

Entre as propostas da comissão, está a adoção de percentuais mínimos para a seleção de projetos de obras dirigidas por mulheres, pessoas negras, indígenas, que devem ser aplicados em todas as fases dos editais para a superação de barreiras à entrada e o avanço das propostas destes grupos. 

 

  • Criado em .

O processo de fabricação do chocolate, uma das principais propostas da Rota do Chocolate (em implantação na região de Ilhéus),pode ser vivenciado entre as atividades da ‘Páscoa Luz’, que prossegue até 1º de abril no Shopping da Bahia (3º piso), em Salvador. A iniciativa tem o apoio do Governo do Estado, por meio das secretarias estaduais do Turismo (Setur), Educação, Desenvolvimento Rural (SDR) e da Agricultura (Seagri), via Bahia Pesca.

 

Os estudantes da rede estadual explicam aos visitantes as etapas da produção do alimento. “Após a colheita, o cacau passa pela seleção, secagem e trituração, transformando-se em nibs de cacau, do qual se obtém um pó que permanece por 24 horas em uma máquina, para virar pasta”, explica a estudante Vitória Alves de Oliveira, do Centro Técnico Profissional (Cetep) da cidade de Ipiaú, na região cacaueira. Enquanto vivenciam o processo, os visitantes degustam os chocolates produzidos no local.

 


O projeto está aberto à visitação até 1º de abril, no Shopping da Bahia, em Salvador

 

Com o objetivo de atrair a atenção dos visitantes, uma árvore megatônica ‘conversa’ com um interlocutor sobre aspectos da história e da riqueza da produção cacaueira no sul da Bahia. No espaço há ainda um palco para encenações e armazéns que comercializam chocolates produzidos no estado.

 

Estrada temática

A fábrica de chocolate do Páscoa Luz fornece uma pequena amostra do que os visitantes poderão presenciar em larga escala quando a Rota do Chocolate estiver finalizada. O roteiro temático passa pelas grandes fazendas de cacau situadas entre Ilhéus e o município de Uruçuca. A ambientação está em execução, a partir de uma parceria entre o Governo do Estado, por meio das secretarias do Turismo (Setur) e do Planejamento (Seplan), Prefeitura de Ilhéus e a Associação de Turismo de Ilhéus.

 

  • Criado em .

Jornal Agora

Rua Juca Leão, 65, Centro, Itabuna - BA
Telefones: (73) 3613-5504
Fundado em 28 de julho de 1981 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

© Copyright 2009 / 2017 Jornal Agora   |   Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: