Entrar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *

Entretenimento

O circuito oficial é o da Av. Dr. Otávio Mangabeira, mas quem gosta de um bom banho de mar pode curtir a folia Circuito da Praia da Costa, com início no final da tarde

 

Quem gosta de Carnaval e não abre mão de uma boa praia ainda tem uma oportunidade de curtir os dois. Até sábado (17), a festa continua em Canavieiras, onde milhares de visitantes e população desfrutaram de intensa programação no feriadão do carnaval. Nesta sexta-feira (16), Chiclete com Banana se apresenta junto a outros nomes locais. No sábado (17), é a vez do reggae do Diamba. A festa acontece em dois circuitos, com trios elétricos, blocos e várias atividades culturais.

Junto ao Chiclete com Banana, no circuito oficial, apresentam-se nomes locais como Pancadinha, Dirolex e Pra te Querer. No trio Alternativo terá Top Gan e na orla, Bloco do Caps, Eletro Neon e Vai Malandra. No dia do Diamba, no circuito oficial terá Coração Bandino, Mocegada, Realce e Nanaê, além de Mr Black no Trio Alternativo. Na orla, Ferite e Sacaninha.

O circuito oficial, que começa a partir das 21h30, é o da Av. Dr. Otávio Mangabeira, mas quem gosta de um bom banho de mar, conta com atrações no Circuito da Praia da Costa, com início no final da tarde. Para o conforto dos foliões barracas de bebidas e comidas, baianas de acarajé, churrasco e parques de diversões. Além da comodidade para o público, estas ações ainda fortalecerão o comércio local, a exemplo de restaurantes, bares e lojas em geral. A expectativa da prefeitura é que cerca de cem mil pessoas passem o Carnaval na cidade.

Localizada na Costa do Cacau, zona de grande potencial turístico, Canavieiras é conhecida como a Capital do Caranguejo, crustáceo apreciado em diversos tipos de iguarias da culinária. Outra grande característica local são suas reservas naturais com belos manguezais, que fascinam pesquisadores e turistas. Possui 17 Ilhas, sendo a maior com 14 km de extensão, em área litorânea com mais de 50 km de praias e casarios dos séculos XIX de bela arquitetura que serviram de cenário das novelas.

 

Legendas:

 

A banda Chiclete com Banana é a atração da sexta-feira (16)

  • Criado em .

A Editus– Editora da UESC – vai se integrar à “Ciranda, Ilhéus na Praça”, que reúne contação de histórias, brincadeiras infantis, apresentações musicais, exposições artísticas e feira gastronômica. A terceira edição do evento está programada para este sábado (17), 17 horas, na Praça Antônio Viana Dias da Silva, ao lado do Hospital de Ilhéus, na Cidade Nova.

O objetivo do projeto é compartilhar a cultura da apropriação de espaços públicos pela sociedade civil, favorecendo a boa convivência entre moradores do bairro e visitantes, além de incentivar o desenvolvimento de atividades físicas, promover um maior acesso a bens culturais e fomentar a economia colaborativa.

Então, se você é de Ilhéus ou está na cidade, aproveite essa dica de evento para desfrutar com toda a família e conhecer nossos livros. Acompanhe outras novidades da Editora no site www.uesc.br/editora, no Facebook @editoradauesc e no Instagram @editus.uesc.

 

Legenda: O evento acontece na Pça. Antonio Viana, Cidade Nova, a partir das 17 horas de sábado (17)

  • Criado em .

Interessados em participar do Encontro de Compositores do Litoral Sul da Bahia devem se inscrever até segunda-feira (19), gratuitamente, exclusivamente pelo site www.encontrolitoralsul.com.br. Podem se inscrever compositores dos municípios de Almadina, Arataca, Aurelino Leal, Barro Preto, Buerarema, Camacã, Canavieiras, Coaraci, Floresta Azul, Ibicaraí, Ilhéus, Itabuna, Itacaré, Itajudo Colônia, Itajuípe, Itapé, Itapitanga, Jussari, Maraú, Mascote, Pau Brasil, Santa Luzia, São José da Vitória, Ubaitaba, Una, Uruçuca. Estudantes com idade a partir de 12 anos, devidamente matriculados na rede pública de ensino, terão prioridade no preenchimento das vagas.

O evento foi criado com o objetivo de dar visibilidade às obras autorais de qualquer gênero musical, inclusive instrumental, e terá mostras no palco do Teatro Municipal de Ilhéus.A curadoria, formada por músicos de reconhecida atuação na região, selecionará oito atrações da categoria individual e oito atrações da categoria banda autoral. Serão consideradas como critérios de seleção letra, harmonia, melodia, arranjo, originalidade e conjunto da obra nas músicas inscritas.

Oficinas

Os selecionados serão conhecidos no dia 26 de fevereiro, no site, e se apresentarão ao longo de quatro mostras musicais que acontecerão entre março e junho. O projeto promoverá também quatro turmas de Oficinas de Composição Musical, sempre uma vez por mês, na semana da mostra, com turmas limitadas em 20 participantes.As aulas acontecerão na Academia de Letras de Ilhéus e terão carga horária de 12 horas, distribuídas ao longo de três dias.O resultado de cada edição da oficina será uma composição musical que deverá ser apresentada na noite do seu encerramento, durante a mostra do Encontro de Compositores do Litoral Sul da Bahia.

O Encontro de Compositores do Litoral Sul da Bahia tem apoio financeiro do Governo do Estado, por meio do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda, Fundação Cultural do Estado da Bahia e Secretaria de Cultura da Bahia. Conta também com o apoio cultural da Quantum Agência de Publicidade, Criadouro Soluções Culturais, Academia de Letras de Ilhéus e Secretaria de Cultura de Ilhéus.Dúvidas ou solicitações de informações podem ser enviadas para  Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

 

Legenda: As mostras musicais serão realizadas no Teatro Municipal de Ilhéus

  • Criado em .

Inédito no Brasil, alunos e profissionais de outros estados virão exclusivamente para o evento gratuito no sábado de carnaval

 
A Zumba se transformou em um grande negócio mundial

No dia 10 de fevereiro a capital baiana será sede da primeira master class no Brasil com a presença do colombiano Beto Perez, criador da Zumba. O evento, que será aberto ao público, fará parte do calendário oficial do Carnaval da Bahia e acontecerá às 9h, no Largo Tereza Batista – Pelourinho, Centro Histórico de Salvador.

O aulão, idealizada pelo treinador oficial da Zumba Serginho Souza, pelo coreógrafo oficial Guii Mesquita e pelos instrutores oficiais licenciados pelo programa Allan Bapuru e Liz Facó, será um acontecimento inédito e marcante para a dança no Brasil. Reverenciado e admirado internacionalmente, Beto Perez viaja pelo mundo unindo multidões apaixonadas pela Zumba. “Os números não nos deixam mentir, a Zumba é um fenômeno e conhecer Beto Perez é o sonho da vida de muita gente, incluindo alunos e instrutores que nunca imaginaram que isso fosse acontecer. Assim que tivemos certeza da vinda dele, corremos atrás para que isso fosse possível. Estamos emocionados por essa conquista, será inesquecível”, relata Serginho Souza. Nos últimos meses, Beto Perez esteve em países como Rússia, Itália, Argentina, Colômbia, Coreia, Japão, Canadá e França, participando de Master Classes.

A comoção diante da notícia da vinda do fundador da Zumba à capital baiana mobilizou instrutores do Brasil inteiro. Na expectativa de conhecer sua grande fonte de inspiração, pessoas de diversas cidades e estados virão às pressas a Salvador. Alguns, inclusive, farão o famoso “bate e volta”, apenas para não perderem a oportunidade de assistir de perto uma aula com Beto Perez.

Tendo como pilar a alegria e seguindo uma metodologia de ensino que tem como objetivo tornar as aulas simples e democráticas, na Zumba não existe limite de idade, gênero ou forma física. Todos conseguem acompanhar. Com treinamento e técnica, os instrutores são capazes de fazer multidões dançarem sem ensaio. “Queremos levar alegria para a maior quantidade de pessoas possível! Não haveria momento mais propício para isso. Fazer parte da maior festa popular de rua do mundo é um marco para a história da Zumba® no Brasil e, principalmente, na Bahia”, comenta Guii Mesquita.

Atualmente, existem mais de cento e cinquenta mil instrutores de Zumba no mundo pelos cento e noventa países onde está presente. Desde que se estabeleceu no Brasil, há seis anos, o programa tem crescido consideravelmente em números de treinamentos profissionais e alunos. É possível participar de uma aula dessa modalidade nas melhores academias, estúdios de dança e até mesmo em condomínios ou espaços públicos. A “Master Class de Carnaval com Beto Perez” será um grande encontro entre o criador da marca, alunos, professores e curiosos. “A Zumba® é um programa internacional pioneiro e muito respeitado. Projetar mundialmente a Bahia através da dança, um dos nossos maiores tesouros culturais, será inesquecível”, explica Liz Facó. “O apoio do Governo do Estado foi fundamental para a realização desse sonho coletivo. Estamos gratos e felizes por essa parceria e reconhecimento”, finaliza Allan Bapuru.

Beto Perez chegou a Salvador na quinta-feira (8) para abrir oficialmente o Carnaval da capital baiana ao lado da cantora Claudia Leitte e do rapper americano Pitbull.

 

  • Criado em .

Nem mesmo os organizadores sabem o ano correto de quando tudo começou. “Tem mais de 35 anos”, calcula Joana Angélica da Silva, diretora do bloco “Zé Pereira”, que é uma das agremiações maios tradicionais de bloco de rua no Carnaval de Ilhéus. O que no início era apenas uma brincadeira da família de Joana Angélica, tornou-se uma das maiores manifestações de rua do bairro do Pontal, durante os festejos do Momo.


Prefeito de Ilhéus, Mário Alexandre, prestigia o Bloco Zé Pereira

“A gente saía do Clube do Pontal, após os bailes, mas queria continuar a festa do Carnaval. Pegava panelas, colheres de pau, e fazia barulho pelo bairro. A ideia começou a reunir cada vez mais amigos. Hoje temos um bloco que reúne quatro mil pessoas – com camisas promocionais ou fantasias – que é puxado pela madrugada por uma bandinha de sopro”, conta a diretora.

O próximo desfile acontece a partir da zero hora de sexta-feira (9) e o Pontal se prepara para receber um público recorde, mesmo a cidade tendo cancelado o carnaval oficial. Na rua Dom Pedro II, 29, no bairro onde o bloco nasceu, é intensa a comercialização de camisas, que custa 40 reais e dá direito a seis latinhas de cerveja. .

 

  • Criado em .

Carnaval em Itacaré, Canavieiras e Ilhéus terá nomes como Babado Novo, Chiclete com Banana, Edson Gomes, Sinho Ferrari, Lordão, Thaine e Tainá e muitas atrações

 
Babado Novo é a grande atração em Canavieiras, com presença confirmada para quinta-feira

As paradisíacas praias do Sul da Bahia são o endereço certo para quem deseja curtir o Carnaval. Itacaré, Canavieiras, Ilhéus e Serra Grande oferecem programação para todos os públicos, durante os quatro dias de folia. Blocos populares, bandas, artistas e bailes garantem a diversão dos milhares de turistas que se deslocam para a região no feriadão.

Em Itacaré, a festa ganhou o tema “Carnaval 2018 - Na Praia é Diferente” e acontecerá de 10 a 13 de fevereiro, na Praia da Coroinha,com participação de Edson Gomes, GuigGhetto, Thaine e Tainá, Lordão e das bandas Revelação (Rio de Janeiro)Bandana, Rosy Banda e vários outros grupos da região.A programação começa oficialmente no sábado (10), sempre a partir das 11 horas, mas desde quinta-feira (8), blocos infantis e populares já estarão nas ruas fazendo a alegria dos foliões. Até terça-feira (13), a cidade será palco para desfile de blocos, bailes infantis e da melhor idade, além dos tradicionais caretas e dos foliões irreverentes que não dispensam suas fantasias.

Batizada como “Canavieiras Folia – Carnaval Ser Humano 2018”, a festa na terra do caranguejo terá nomes como Babado Novo – que se apresenta na quinta-feira, 15 –  Jú Moraes, Chiclete com Banana, Diamba e Sinho Ferrari. Batizada. A folia começa no dia 8 e segue até dia 13, com prolongamento de 15 a 17. Acontece em dois circuitos, com trios elétricos, blocos e várias atividades culturais que animarão a população a partir das 19 horas. O circuito oficial é o da avenida Dr. Otávio Mangabeira, mas o público que prefere a beira-mar tem atrações garantidas na praia da costa.


Em Itacaré,Edson Gomes faz a festa dos amantes do reggae na terça-feira do Carnaval (13).

Apesar do cancelamento do carnaval oficial de Ilhéus, o prefeito Mário Alexandre determinou a disponibilidade de serviços públicos na Avenida Soares Lopes, a fim de garantir estrutura mínima para as manifestações populares espontâneas durante o período momesco. Segundo o secretário interino de Turismo e Esportes, Hélio Ricardo, a Prefeitura vai instalar banheiros químicos na Avenida Soares Lopes, além de reforçar a iluminação pública na área, controlar as ações do trânsito, disponibilizar atendimento emergencial de saúde, serviço de limpeza pública e de segurança pública, através das polícias Militar e Civil e da Guarda Civil Municipal. O tráfego será parcialmente interrompido na Avenida Soares Lopes, de  10 a 13 de fevereiro, das 15 às 21 horas.

 

 

Saqua Folia 2018

 

A vila de Saquaíra, localizada no paradisíaco roteiro da Península de Maraú, também tem diversão garantida para o Carnaval. A programação do “Saquafolia 2018”, anunciada pela Prefeitura de Maraú, começa no sábado (10)e termina na segunda-feira(12), com a participação de Kaio Oliveira (foto), Tony Canabrava, Zé da Vea e Júnior Azevedo, além das bandas  Vitrine do Amor, Pancadeixon, Mandraks, Samba de Beco,  Pagodence e Um Skema. O governo municipal garante que um forte sistema de segurança foi elaborado pelas polícias Militar e Civil, para garantir a segurança da festa.

 Impulso econômico 

A Bahia deve receber 2,1 milhões de turistas e deixar R$ 2,3 bilhões no estado neste feriadão de Carnaval, conforme estimativa da Secretaria Estadual de Turismo. A festa impulsiona ocupação de hotéis em áreas turísticas e movimenta vários setores de prestação de serviços. Itacaré registra uma média de 90% de ocupação para o Carnaval. Em Itacaré, a prefeitura prevê que até sábado (10) todas as vagas estejam reservadas, repetindo o índice de 100% alcançado no Réveillon, com a chegada de 20 mil visitantes. Em Ilhéus, os oito mil leitos dos meios de hospedagem devem ser reservados até o feriadão do Carnaval. De acordo com Marco Lessa, presidente do Costa do Cacau Convention Bureau, a maioria dos hotéis e pousadas já tem taxa de 100% de reservas, mas há algumas vagas disponíveis em hotéis e pousadas menores.Em Salvador, onde a estimativa é a de que 650 mil turistas gastem R$ 715 milhões, os hotéis próximos aos circuitos - Campo Grande, Barra e Ondina - devem alcançar 95% de ocupação até o Carnaval.

  • Criado em .

A Ceia de Natal envolve muitas tradições populares. O peru é o prato mais tradicional, inclusive com receitas exóticas, tendo sido usado desde o século XVI na Europa. As tradições dos pratos variam em cada país. Em Portugal, come-se bacalhau com batatas e couves, mas também se come peru. Na Rússia evita-se a carne, enquanto na Jamaica há um grande uso de ervilhas. Na Alemanha come-se carne de porco. Pratos tradicionais de tempero forte também são muito comuns. Na Austrália, onde as festividades natalinas acontecem durante o verão, as pessoas costumam fazer a ceia de natal em praias. Na África do Sul, outro país que comemora o natal durante o verão, é comum fazer a ceia de natal em mesas colocadas do lado de fora das casas.

No Brasil, incorporaram-se várias receitas que chegaram ao país com a colonização portuguesa, como a rabanada e o bolinho de bacalhau. Ainda recentemente no Brasil, o pernil de porco e o frango passaram a estar muito próximos do peru na ceia de Natal. Para acompanhar as comidas tradicionais, guarnições novas tem se tornado tendência para esse natal. Confira abaixo as receitas:

 

Cestinha de Parmesão e Batata palha

 

Ingredientes:

 

150g de queijo parmesão em pedaço;

1 pacote (120g) de Batata Palha Extrafina;

1 alface;

20 tomatinhos cereja cortados ao meio;

100g de queijo mussarela cortado em cubinhos;

½ Cenoura ralada;

Folhinhas de beterraba;

 

Modo de preparo:

 

Ralar o queijo parmesão no ralo médio. Numa frigideira antiaderente espalhe 3 colheres de sopa do parmesão ralado (15g) formando uma “panqueca”. Sobre o queijo espalhe 2 colheres de sopa de Batata Palha Extrafina; Aqueça a frigideira em fogo baixo; Quando as bordas começarem a dourar, retire a “panqueca” com a ajuda de uma espátula e coloque-a sobre a base de um copo americano invertido. Com cuidado para não se queimar, molde com a mão a cestinha, apertando cuidadosamente a massa para baixo com ajuda de um pano ou papel, formando assim a cestinha; Deixe esfriar um pouco e retire a cesta do copo;

Coloque a cesta no prato e dentro a saladinha.

 

Farofa de Natal

 

Ingredientes:

 

1 pacote de Farofa Pronta;

5 colheres (sopa) de manteiga ou margarina;

1 cebola média picada em cubos;

½ xícara (chá) de uvas passas pretas sem semente;

½ xícara (chá) de uvas passas brancas sem semente;

3 colheres (sopa) de nozes picadas;

½ xícara (chá) de maçã verde cortada em cubos pequenos;

½ xícara (chá) de azeitonas verdes cortadas em rodelas;

2 colheres (sopa) de Salsa Desidratada;

 

Modo de preparo:

 

Em uma panela, aqueça a manteiga ou margarina; Adicione a cebola e doure levemente, mexendo de vez em quando; desligue o fogo e acrescente as passas, as nozes, as maçãs, as azeitonas e a salsa, misture bem; Adicione a farofa aos poucos, mexendo sempre. Transfira para um refratário e sirva.

  • Criado em .

Jornal Agora

Rua Juca Leão, 65, Centro, Itabuna - BA
Telefones: (73) 3613-5504
Fundado em 28 de julho de 1981 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

© Copyright 2009 / 2017 Jornal Agora   |   Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: