Entrar Registrar

Acesse sua conta de usuário

Nome de usuário *
Senha *
Lembrar de mim

Criar uma conta

Todos os campos marcados com asterisco (*) são obrigatórios.
Nome *
Nome de usuário *
Senha *
Verificar senha *
Email *
Verifar email *

O prefeito Mário Alexandre se engajou na proposta de revitalização do remo em Ilhéus

Durante audiência ocorrida no Centro Administrativo de Ilhéus, o prefeito Mário Alexandre recebeu o presidente do Clube de Regatas Ilhéus, Rivelino Mariston. Na oportunidade, foi apresentado o histórico e a importância da prática da modalidade no município e solicitado um termo de concessão de uso de algum espaço para o desenvolvimento de atividades e formação de atletas.

  • Criado em .

O Ministério do Meio Ambiente vai repassar R$ 334 milhões a unidades de conservação, consideradas como bolsões de proteção da biodiversidade nacional. Os recursos foram arrecadados a partir da lei de compensação ambiental e serão destinados a unidades como a Serra da Canastra (MG), Lagoa do Peixe (RS) e a Reserva Biológica de Una (BA), que estão entre as principais beneficiadas.

 

O Comitê de Compensação Ambiental Federal avaliou que 19 empreendimentos causaram, no ano passado, prejuízos ao meio ambiente que se enquadram na lei. A compensação ambiental é uma forma de indenizar a sociedade pelos danos provocados por um empreendimento. A lei é aplicada em casos em que os prejuízos não são mitigáveis - ou seja, não podem ser revertidos. Isso ocorre em casos de impactos sobre a biodiversidade de fauna e flora ou danos ao patrimônio histórico. O mecanismo é condição para a implantação do empreendimento.

 


A reserva é o habitat natural do mico-leão da cara dourada

 

Representantes do Ministério do Meio Ambiente, Ibama e Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade definem a destinação dos recursos. Cerca de 81% dos valores foi direcionado às unidades de conservação federais, 18% às estaduais e 0,7% às municipais.

 

  • Criado em .

A campanha ‘Criança Nota 10 — Proteger a infância é acreditar no futuro’apoia as famílias para que criançase jovens sejam motivados a frequentar a escola

 
Campanha da LBV ajuda crianças carentes com doações de material escolar

Entre os meses de fevereiro e março, a Legião da Boa Vontade (LBV)entregará mais de 22 mil kits de material escolar e pedagógico para famílias das cinco regiões brasileiras. Serão beneficiados crianças e adolescentes de 6 a 15 anos de idade que participam dos programas socioassistenciais desenvolvidos nos Centros Comunitários da LBV, estudantes atendidos por organizações parceiras da entidade e alunos das escolas de educação básica, incluindo os que cursam a modalidade Educação de Jovens e Adultos (EJA).

No mesmo período, a instituição doará conjuntos completos de uniforme a milhares de crianças, adolescentes e jovens de famílias em situação de vulnerabilidade os quais participam das atividades em Centros Comunitários de Assistência Social, localizados em diversas cidades do país.De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil tem 11,8 milhões de analfabetos. Esse número corresponde a 7,2% da população que tem 15 anos ou mais de idade.A região Nordeste registra o maior percentual de analfabetismo (14,8%), número quase quatro vezes maior do que as taxas estimadas para o Sudeste (3,8%) e para o Sul do país (3,6%).

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) e o Ministério da Educação (MEC) também divulgaramem 2017 indicadores de fluxo escolar na educação básica. Os dados revelam que 12,9% e 12,7% dos alunos matriculados na 1ª e 2ª séries do Ensino Médio se evadiram da escola entre 2014 e 2015. O 9º ano do Ensino Fundamental teve a terceira maior taxa de evasão(7,7%), seguido pela 3ª série do Ensino Médio, com 6,8%. Considerando-se todas as séries do Ensino Médio, a evasão chega a 11,2% do total de alunos. A evasão é maior nas escolas rurais, em todas as etapas de ensino. Os indicadores de promoção e de repetência, apesar de não serem inéditos, demonstram que a repetência na 1ª série do Ensino Médio atinge 15,3% e que o índice igualmente é alto no 6º ano do Ensino Fundamental, com taxa de 14,4%.

 

Doações

A LBV, ao longo dos 70 anos de existência, tem promovido ações permanentes em favor da educação, a fim de combater os índices de analfabetismo, evasão escolar, trabalho e exploração infantil e de pobreza no país. A instituição auxilia os pais que não dispõem de recursos financeiros para a compra dos materiais escolar e pedagógico,empreende atividades que motivam crianças e adolescentes a frequentar a escola e a continuar os estudos, oferece oportunidades de aprendizagem a jovens e adultos, realiza capacitação de educadores; presta assessoramento a unidades de ensino e propicia a famílias o acesso à informação,orientação e acompanhamento social.

Para angariar as doações, a LBV conta com a solidariedade do povo brasileiro e a mobilização de colaboradores, voluntários, amigos e parceiros. Os donativos para a campanha podem ser feitos pelositewww.lbv.org ou pelo tel. 0800 055 50 99. Outras informações, por meio do endereço ‘LBVBrasil’ nas redes sociais Facebook, Instagram e Youtube.

 

  • Criado em .

 Uma das mais competentes jornalistas da Bahia está de volta ao Jornal Agora. Ganha o jornal, ganham, muito mais, os leitores. Vera Rabelo é uma das mais respeitadas, inteligentes e inovadoras redatoras do jornalismo baiano.

Com muitas décadas no ramo, a jornalista chega com todo o gás e humildemente “volta” ao ninho antigo como se estivesse recomeçando uma carreira e como homenagem ao amigo Adervan.

 

Experiência

 

Independente e com larga experiência em todas as áreas do jornalismo, da política à cultural, Vera Rabelo já viveu experiências das mais diversas.

Assessora, chefe de redação, repórter e dona de jornal, Vera conhece todos os lados da notícia.

É respeitada pelos colegas, serve de exemplo para a classe e sua presença na redação do Agora é motivo de orgulho para os colegas, leitores e, especialmente, para a direção da casa.

  • Criado em .

Moradores do distrito de Rio do Meio, no município de Itororó, sul da Bahia, relataram ter percebido, ao menos, três tremores de terra no final da manhã de domingo (4). Ninguém ficou ferido e não houve registro de danos estruturais.

 


Moradores de Rio do Meio, em Itororó, ficaram assustados com os tremores

 

De acordo com a dona de casa Selma Lima, a trepidação começou forte, e foi diminuindo a intensidade. Ela conta que saiu correndo de dentro do imóvel por medo que desabasse. “Estremeceu tudo, pensei da casa cair. O primeiro foi forte, o segundo médio e o terceiro foi bem fraquinho. Isso era umas 10h30 para 11h”, descreveu Selma.

O trabalhador rural Domingos Santos conta que fazia a barba no momento do incidente, e revela que se assustou com o barulho provocado pelos tremores. “Pensei que fosse o prédio ao lado da igreja que tinha caído. Aí eu saí na rua e o povo estava olhando e disseram que foi um tremor”, contou.

O geólogo Carlos Uchôa confirmou que, na região onde as trepidações foram registradas, existem ocorrências de tremores de baixa magnitude, provocados por movimentos da placas tectônicas. Segundo ele, o risco da terra voltar a tremer no mesmo local é muito pequeno.

O Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP), no entanto, não registrou nenhuma ocorrência no local. Apesar disso, a instituição informou que vai continuar à procura do caso. Esta é a segunda vez que abalos sísmicos atingem a região centro do estado.

Em 2015, um tremor de magnitude de 3,16, que teve origem na cidade de Iguaí, também foi sentido No município de Itororó.

 

  • Criado em .

Já é possível aos Cartórios dar início ao processo para que emitam carteira de identidade e passaportes para cidadãos brasileiros. A prestação desse serviço requer, no caso da emissão de registro de identidade (RG), que a associação local dos cartórios formalize convênio com a Secretaria de Segurança Pública do estado. Já o convênio para a emissão de passaportes terá de ser firmado entre a Polícia Federal e a associação nacional dos cartórios de registro natural.

 


Também será possível a autorização para a renovação dos passaportes, pelos cartórios de registro civil

A medida administrativa que possibilita os cartórios a prestarem também este serviço foi anunciada no dia 26 de janeiro pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Nas duas situações os acordos deverão passar por análise e homologação do Poder Judiciário. No caso dos convênios locais caberá às corregedorias dos tribunais estaduais. Quanto aos convênios para a emissão de passaporte, eles terão de passar pela Corregedoria Nacional de Justiça, a quem caberá avaliar as viabilidades jurídica, técnica e financeira.

Por meio de nota, o juiz auxiliar da corregedoria Marcio Evangelista disse que a medida não afetará a confiabilidade do passaporte brasileiro. “A Polícia Federal continuará responsável por emitir o passaporte. O convênio só permitirá o compartilhamento do cadastro de informações dos cidadãos brasileiros com os cartórios, que apenas colherão as digitais e confirmarão para a Polícia Federal a identidade de quem solicitar o documento”.

Por meio de convênio será também possível a autorização para a renovação dos passaportes, pelos cartórios de registro civil. Para ter acesso a esse serviço, no entanto, será necessário o pagamento de uma taxa extra.

Agência Brasil

  • Criado em .

A Câmara de Dirigentes Lojistas de Itabuna realizou na noite desta quinta-feira, 1º, a primeira reunião de diretoria visando planejar as ações da nova gestão para o ano de 2018.

Sob a presidência de Carlos Veloso Leahy a diretoria discutiu assuntos como a ocupação e reforma de praças e logradouros públicos em parceria com a Prefeitura, ACEI, Ministério Público e Judiciário, o fechamento da rua Paulino Vieira de início em alguns dias da semana ou futuramente de forma permanente, feiras e eventos, capacitação de lojistas e funcionários, segurança, reforma patrocinada da sede da CDL na avenida do Cinquentenário, certificação digital, lixo da cidade e liquidações diversas. 

Um dos assuntos que ocupou maior tempo da discussão foi a não participação das grandes lojas da cidade, da maioria das lojas do Shopping e dos bancos, nas diversas campanhas que a CDL realiza. Por opinião unânime a diretoria decidiu fechar o cerco em torno do assunto. “Esses empreendimentos sugam a economia do município, algumas lojas nem tem conta nos bancos e não participam das campanhas da entidade”, disseram. Chegou-se a falar em boicotes às lojas e bancos. O presidente Leahy comentou que de seis mil pontos comerciais da cidade apenas pouco mais de duzentos participem. 

Campanhas

Com todas as dificuldades enfrentadas a CDL mantém as campanhas tradicionais, como a tríplice e a de Natal. Sobre a tríplice, o presidente anunciou que a próxima semana será definida a premiação, que a princípio terá como prêmios R$40.000,00 em vales-compras, duas motos e um carro.

A campanha tríplice deverá começar na primeira quinzena de abril e receberá o nome provisório de “Mães, Namorados e Festas Juninas” culminando com a festa de São Pedro, dia 29 de junho.

  • Criado em .

 A escolha para o cargo foi realizada, durante reunião no Iate Clube de Ilhéus

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Canavieiras, Ériston Nascimento, foi eleito o primeiro presidente da Associação das CDLs do Sul da Bahia. A escolha para o cargo foi realizada na manhã desta sexta-feira (17), durante reunião das entidades lojistas no Iate Clube de Ilhéus.

  • Criado em .

Jornal Agora

Rua Juca Leão, 65, Centro, Itabuna - BA
Telefones: (73) 3613-5504
Fundado em 28 de julho de 1981 Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

© Copyright 2009 / 2017 Jornal Agora   |   Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: